Eu sei o que você fez

Um vendedor que roda por diversos pontos de venda acumula informações privilegiadas. No dia a dia, vê de perto onde estão os produtos – da sua marca e da concorrência -, percebe quanto está sendo vendido e analisa as lojas. “Os empresários e administradores que souberem como manipular e usar esses dados podem tomar decisões estratégicas nos negócios”, diz Henrique Castro, presidente da Prime Technologies. A empresa – que desenvolve soluções tecnológicas de mobilidade para automação e processos industriais – investiu US$ 480 mil no desenvolvimento do BIP 6000, um computador de mão para uso em campo, na chuva, no sol ou no trânsito. Trata-se de uma espécie de mininotebook, porém mais robusto e munido de tecnologias que dão mais segurança aos dados em caso de roubo. Desde o lançamento neste mês, a Eletropaulo, a Cemig, a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) e a ACT (Amazon Conservation Team, ONG que faz pesquisas de dados de biodiverisade na Amazônia) já compraram cerca de 8 mil unidades do aparelho. “Apesar de ter quase o tamanho de um smartphone – 20 cm por 10 cm -, ele é muito mais resistente, ideal para trabalhos de campo.” A expectativa é comercializar 15 mil unidades até dezembro. Neste ano, a Prime deve faturar R$ 140 milhões – R$ 40 milhões só com o BIP 6000. Os computadores de mão são produzidos na fábrica que a empresa, com sede em São Paulo, mantém em Rezende (RJ), em um espaço de 5 mil m2.

Fonte: http://www.valoronline.com.br/impresso/empresas/102/401193/blue-chip