Facilitar a coleta de dados, tornar dados confiáveis, agilizar processos, os motivos para investir em automação são os mais variados. No caso da BP Biocombustíveis, o objetivo era agilizar o trabalho de apontamentos agrícolas e de manutenção industrial. Para isso, a companhia buscou ajuda da Prime Interway, distribuidora de valor agregado focado em automação de processos e da SETI, integradora de soluções. Para isso, a BP Biocombustíveis decidiu investir em um novo projeto de automação e chegou até a Prime Interway e a SETI.
Após análise da situação e desenho do projeto, chegou-se à decisão de adotar os coletores de dados BIP 6000. O equipamento, bastante robusto e ideal para trabalhos em ambientes mais hostis, é utilizado para apontamento de mão de obra e controle de manutenção industrial. Além disso, está entre os objetivos adotá-lo para coleta de informações em campo. No total, a companhia investiu R$ 500 mil nessa transformação.
Todo o projeto contou com a consultoria da Prime Interway e da SETI , que aconselhou a BP Biocombustíveis desde a mudança no processo de trabalho até a ferramenta que mais se adequava ao ambiente. A escolha do BIP 6000 para tal atividade não foi ao acaso, o equipamento é robusto o bastante para uso em ambientes como o rural.

Leia a notícia na íntegra em uma das mais renomadas revistas do ramo de automação e TI, CRN.